10 Agências Literárias Brasileiras que você precisa conhecer

Quer saber quais são as principais agências literárias brasileiras? Segue a nossa seleção!

1. Authoria Agência Literária & Studio

A Authoria Agência Literária & Studio foi fundada em 2018 por Alessandra J. Gelman Ruiz com a visão de ser um novo tipo de agência literária no Brasil. Combina a vocação por gerenciar estrategicamente a carreira de autores talentosos com a paixão pelo texto de qualidade e pelo storytelling.

Focada exclusivamente em representação de autores nacionais, visa colocar seus trabalhos em múltiplas plataformas, como o livro físico, o e-book, o audiolivro, o meio audiovisual (filmes, séries e roteiros), o teatro, o mercado de palestras e eventos, o contato com marcas e licenciamentos, a mídia online e o mercado editorial internacional. Além de agenciamento, a Authoria também oferece serviços de leitura crítica e consultoria editorial, além de preparar cursos para autores e profissionais do mercado.


2. Agência Riff

Com quase 30 anos de mercado, a Riff é uma das agências literárias brasileiras mais consagradas. Nascida da parceria entre Lucia Riff e e a espanhola Carmen Balcells, a agência representa nomes de peso como Caio Fernando Abreu, Eliane Brum, Lygia Fagundes Telles, entre mais de 150 nomes.

Entre autores clássicos e contemporâneos, a Riff se destaca pela sua longevidade e ética de trabalho; além disso, a agência trabalha negociando direitos internacionais e atuando como coagente de editoras e agentes estrangeiros, tanto no mercado brasileiro como português.

http://www.agenciariff.com.br

agenciariff@agenciariff.com.br

+55 (21) 2287-6299

https://www.instagram.com/agenciariff


3. Villas Boas & Moss Agência e Consultoria Literária Ltda

Fundada em 2012 por Luciana Villas-Boas e Raymond Moss, a VB&M se destaca pela sua forte presença na representação de editoras estrangeiras aqui no Brasil. Com coagentes em diversos países como Espanha, França e Turquia, a VB&M é uma agência de respeito dentro do cenário nacional.

A missão da Villas Boas & Moss é a valorização social da obra literária e da atividade criadora e profissional do escritor. Com um trabalho atencioso e profissional, a agência com certeza está conseguindo realizar seu objetivo.


4. Agência Página 7

Desde 2010, Gui Liaga atua como agente literária, mas foi só em 2015 que, em parceria com Taissa Reis, a Página 7 foi fundada. Especializada em obras para o público juvenil e jovem adulto, são mais de 20 autores agenciados com esse enfoque nessa agência literária brasileira.

Além do agenciamento, a Página 7 oferece serviço de leitura crítica e também já realizou cursos e workshops sobre assuntos variados. A agência é muito ativas nas redes sociais; vale seguir as páginas deles no Twitter e Instagram.


5. Increasy

A Increasy se descreve não como agência literária, mas como uma empresa de consultoria literária. Eles realizam agenciamento, análise crítica, análise de mercado, revisão e tradução, entre outros.

Formada por uma equipe de quatro pessoas, de várias áreas diferentes, a Increasy é especializada em autores nacionais e contemporâneos – e, apesar de ser mais nova no ramo que algumas das outras agências, aparece com seriedade e compromisso no mercado.


6. Oasys Cultural

A Oasys Cultural nasceu em 2008 como a agência literária de Valéria Martins, jornalista com mais de 15 anos de experiência no mercado editorial. Seu portfólio de agenciados tem nomes como Adilson Xavier, Marília Arnaud, Rosane Queiroz, entre outros.

Além de funcionar como agência literária, a Oasys presta vários serviços, como divulgação de autores e livros, inclusão de autores em feiras literárias, curadoria e até coaching para escritores.


7. Agência Magh

A Magh é uma das agências literárias brasileiras mais diferentes da lista, porque é focada em gêneros específicos. Sua especialidade são obras de fantasia, ficção científica e terror; e, melhor ainda, todas brasileiras! São 10 autores no catálogo, a maioria jovens e com escrita contemporânea.

A missão da agência é  profissionalizar e expandir a literatura fantástica no Brasil. Portanto, além do agenciamento, a Magh também oferece serviços de leitura crítica e revisão, para que novos autores e autoras possam se inserir nesse mercado.


8. Pipa Agência de Conteúdos

A Pipa é uma outra agência literária super especializada: ela é focada em projetos de literatura ilustrada para crianças, adolescentes e jovens adultos. Foi fundada em 2016 pela Cristiane Pacanowski, que atua como diretora da agência.

A Pipa é uma agência de conteúdos polivalente: realiza representação e agenciamento literário no Brasil e no exterior, além de consultoria editorial e literária, gestão cultural, design e produção gráfica e editorial, entre outros.


9. Página da Cultura

A Página da Cultura é uma agência literária que atua no mercado editorial desde 1994. Encabeçada pela Marisa Moura, a agência conta com pouco mais de dez autores no seu portfólio.

No site da agência você confere ótimas dicas para autores, além de respostas detalhadas sobre o agenciamento literário. Lá você também pode submeter sua obra a uma leitura crítica e entrar em contato com a agência. A Página da Cultura também representa no Brasil a austríaca Verlag Carl Ueberreuter.


10. O Agente

Fundado em 2003 por Alessandra Pires, O Agente começou sua história como agência literária somente para autores, mas, a partir de 2012, começou a agenciar também ilustradores.

A décima das nossas agências literárias brasileiras trabalha apenas com livros infantojuvenis (leitores até 15 anos), quadrinhos (comics) e não-ficção (não acadêmicos). Eles também oferecem serviço de leitura crítica especializada e de revisão, para os não agenciados.


Deixe uma resposta